PORTAL DE INTERNET DA CIDADE DE TERESÓPOLIS - RJ - GUIA COMERCIAL

NOTÍCIAS
DE TERESÓPOLIS

GUIA COMERCIAL Tempo Notícias Classificados Eventos Cinema Anuncie FALE CONOSCO

 

Creche Oscar Lobato sofre atos de vandalismo

Prefeitura vai recuperar danos até o início das aulas

Creche Municipal Oscar Lobato vandalizada - foto: Jorge Maravilha
Teresópolis, 25/01/2019 -
A Creche Municipal Oscar Lobato, no bairro de São Pedro, foi invadida e vandalizada recentemente. Equipe da 110ª Delegacia Policial de Teresópolis concluiu nesta quinta-feira (24/01), o trabalho de perícia na unidade escolar.

 A ação foi necessária por se tratar de danos a um prédio público. O Prefeito Vinicius Claussen e a Secretária de Educação, Rosana Mendes, lamentaram o ocorrido.

Duas portas arrombadas, material didático e de recreação danificados e espalhados pelo chão, paredes e piso borrados com tinta guache, brinquedos infantis sujos com cola quente. Foi assim que os funcionários encontraram nesta quarta-feira (23/01), o piso inferior da creche, ao abrirem a unidade para iniciar o atendimento de pais e responsáveis para efetivação da matrícula de novos alunos.

A direção registrou boletim de ocorrência na 110ª DP. O ato de vandalismo ocorreu na área inferior do prédio escolar, onde ficam o pátio, banheiros, lavanderia e duas salas de turmas de pré-escolar. Por enquanto, a equipe diretiva não deu falta de nenhum equipamento ou material. “Aguardamos a liberação do espaço pela perícia da Polícia Civil e agora vamos chamar professores e pessoal de apoio para fazer um inventário do que está faltando. A creche estará limpa e preparada para o início das aulas, no dia 5 de fevereiro”, comentou a auxiliar de direção, Fabíola Martins Moraes.

Lamentável...

Localizada no bairro de São Pedro, a Creche Oscar Lobato atende cerca de 300 crianças, de 6 meses a 5 anos, em turmas de berçário, maternal, jardim, pré 1 e pré 2. “Ficamos muito chateados, pois a creche é da comunidade.

É um sentimento de tristeza, porque parece que nosso trabalho não tem valor. O material que as professoras deixaram para o início das aulas foi praticamente todo estragado”, Fabíola desabafou.

Para o Diretor da creche, Éder Tomás da Cruz, o sentimento foi de impotência.

'Como diretor e cidadão, sinto-me impotente diante de tanta covardia. Tudo reformado, comprado e mantido com tanto carinho e esforço para atender, da melhor forma possível, nossas crianças'.

'Não se trata apenas de muros e paredes, dentro daquela creche/escola há sonhos. Precisamos conscientizar a comunidade que a escola não é minha, não é da Secretaria de Educação, ela é nossa. Temos muito pela frente e, novamente, mostraremos o quanto a educação é importante e se faz a cada dia', o diretor desabafou, recebendo muitas mensagens de apoio e solidariedade pelas redes sociais.

Portal Terê com informações da AsCom PMT
 

 

 

Siga o Portal Terê na redes sociais:

 

Copyright Portal Terê ®  Informática Ltda - Teresópolis - RJ - 2001-2019
Expediente - Editoria e Colaboradores - Clique aqui